4 de abril de 2014

Na Internet todo mundo tem que pensar igual

    Hoje vou abordar um assunto polêmico e delicado. Espero não ofender ninguém e se for muito sensível, nem leia. Disclaimer foi dado então vamos: O CEO do Firefox pediu para sair do seu cargo, pois estava sofrendo muita pressão das pessoas devido no passado ter apoiado lei que não permitia casamento entre pessoas do mesmo sexo.
    Brenden Eich é diretor de uma companhia de tecnologia e é pressionado de várias formas por ter uma opinião que não bate com a maioria. Já escrevi algum tempo atrás que na Internet gostar ou apoiar algo que a maioria não apoia, pode fazer de você um alvo de ofensas e cyberbullying. Não me levem a mal. Não estou falando nada referente a lei ou se apoio ou não. Digo que isso é uma forma indireta de censura.
    Sei que tem muitos homossexuais se sentem ofendidos pelo apoio dele à lei e sofrem por isso. Mas pressionar o diretor da Firefox por causa disso seria correto?
    Fico um pouco desapontado com tudo isso. Procuro sempre ter formas alternativas de se pensar e ter ideias que são pouco questionadas. Se hoje você expressar a sua opinião é proibido, então que Internet é essa que dizem ser tão democrática?